O Rubber Chicken

“Chicken with a pulley in the middle” é um dos objectos mais memoráveis na história dos videojogos. A Gravity Gun de Half Life 2, a BFG 9000 de Doom, as Blades of Chaos de God of War, todos são objectos de jogo que vão ficar na memória de todos nós pelo misto de entusiasmo e excitação que provocaram, tanto no primeiro contacto como nos contactos posteriores, mas a “Chicken with a pulley in the middle” tinha algo mais: Humor, Narrativa e a dose certa de Absurdo.

Estes eram os atributos principais do título “The Secret of Monkey Island”, onde figurava o estranho objecto, naquele que foi em 1990, um dos melhores jogos a mostrar que os videojogos seriam um dos melhores métodos de entretenimento usado para o contar de histórias, essa forma milenar de ensinar os humanos a absorver o mundo. Enquanto as gerações de 70 e 80 trocavam as disquetes ao longo do jogo, nascia uma forma muito mais consciente do acto de jogar.

Monkey Island Chicken

 

30 anos depois, continuamos a jogar. O Rubber Chicken pretende ser um site  que junta adultos de várias idades interessados sobre os pontos de viragem e os momentos mais marcantes desta indústria. Existem já demasiados blogues noticiosos com uma necessidade constante de publicarem o último update quase em tempo real e a noticiarem constantes rumores e vapour news que se contradizem entre si. Muitos deste sites são muito bons e a maior parte deles as nossas leituras diárias. Mas num momento em que os sites e revistas se vêem obrigados a fazer crítica em dois dias, de jogos que nos pedem mais de duas semanas de investimento, falta um lugar para uma escrita mais calma e pensada.

O Rubber Chicken é também um espaço de opinião de todas e todos aqueles que queiram expressar a sua opinião. Qualquer pessoa pode submeter um artigo ao Rubber Chicken e se for adequado ao nosso estilo editorial será publicado.

Shadow of the Colossus

O que interessa ao Rubber Chicken são os pontos de viragem da indústria.

 

O Rubber Chicken quer também demarcar-se nas análises a jogos. Toda a nossa política de análises poderá ser consultada aqui, com linhas mestras explícitas acerca da importância do que escrevemos, com o compromisso de que aspectos como a qualidade narrativa e das mecânicas de jogo se sobrepõem sempre à qualidade técnica.

Phillips Videopac

Em muitas casas foi assim que começou.

 

Finalmente, o Rubber Chicken é um olhar adulto e de escrita irreverente e original sobre os videojogos, escrito por gerações diferentes mas com o mesmo objectivo de ir um pouco mais além.

 

 

9 Respostas para “O Rubber Chicken”

  1. Foi uma total e agradável surpresa encontrar este blogue, dedicado aos videojogos com uma perspectiva adulta da sua evolução e indústria. Visto que grande parte dos jogadores não casuais estão na casa dos 30 e que já não são propriamente adolescentes, é bom saber que alguém teve a boa ideia de criar um espaço visão mais adulta sobre este meio de entretenimento que nos oferece tantas horas de lazer. Acho que não a única pessoa a desejar-vos sucesso no vosso empreendimento, continuem!!

  2. Eu tenho 25 anos, mas partilho da vossa visão. Continuem com o excelente trabalho…

  3. Não tinha conhecimento deste projecto tanto que dei com o mesmo, por mero acaso, no Facebook. Gostei do que vi e li por aqui, especialmente pela abordagem informal, simples e acima de tudo não limitada ao que jogamos hoje mas também ao que jogámos (e continuamos a jogar) há uns valentes anos atrás. Pessoalmente tenho um pequeno projecto, one man army, onde basicamente analiso e comento, à minha maneira, os jogos que constam na minha humilde colecção, já com alguns anos. Se tiverem interesse em dar uma vista de olhos fica aqui o endereço: http://jogalhoes.blogspot.com/

    Parabéns e continuem com o bom trabalho. :)

    • Obrigado, Pedro. Ficamos sempre contentes por ver mais gente interessada, a falar e discutir sobre videojogos, de uma forma adulta. Prova-se assim a idade média dos jogadores. Fica à vontade para comentar e Parabéns também pelo blogue. :)

  4. Que lufada de ar. Os meus parabéns bravos terráqueos. Na imensidão de blogs, noticias e tretas, é bom que exista algo novo, um nicho por assim dizer, com frescura e leveza. Vou com toda a certeza acompanhar. Ah, já me esquecia, e em PORTUGUÊS, com textos originais e não copy pastes como os jornais online :P. Vénia vénia

  5. Longe vão os tempos do Descent em rede mas o bichinho continua até aos dias de hoje..muita sorte, saude e sucesso para a galina e always remember to look both ways while crossing the road

  6. Well done to think of soniehtmg like that

Deixem a vossa opinião:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s